Blog Vou de Bike

Postado em 28 de setembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Máquina de café móvel usa força do pedal

Neste frio, nada melhor que um café quentinho, né? Melhor ainda se o café for feito durante um passeio de bicicleta!

Não entendeu? A ideia vem de Londres, na Inglaterra, onde já é possível encontrar máquinas de café ambulantes que usam a energia gerada pelo pedal do vendedor para moer o café na hora. A engenhoca foi batizada de Velopresso.

Segundo o site da revista Exame, a máquina de café foi desenvolvida por dois designers e construída sobre um triciclo reciclado. Como usa a energia gerada pelas pedaladas, a máquina não usa eletricidade e é completamente sustentável.

Os designer receberam o Prêmio Deutsche Bank para empresas criativas e pretendem ampliar a produção e a utilização dessas máquinas em Londres. E viva a força do pedal!


Postado em 14 de agosto por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , , ,

Portland lança 1º contador de bicicletas dos EUA

A cidade de Portland dá mais um exemplo de que leva a bicicleta como meio de transporte a sério. Na última semana a cidade lançou o primeiro ‘contador de bicicletas’ dos Estados Unidos, com o objetivo de registrar o tráfego de bikes diariamente na cidade.

Com um investimento de apenas US$ 20 mil, o contador foi instalado na ponte Hawthorne, uma importante via de passagem de Portland, e agora é possível ver exatamente o número de ciclistas que passam por lá. Um painel de quase 2 metros de altura mostra quando ciclistas passaram por ali naquele dia e ainda exibe o total acumulado no ano.

O vídeo abaixo (em inglês) mostra um pouco do funcionamento do contador. Segundo Debra Kafoury, da administração municipal, “o contador vai mostrar dados diariamente que serão usados para melhorar o planejamento urbano da cidade”.

E o mais legal de tudo é que dá para acompanhar, ao vivo, todo o movimento de ciclistas na ponte Hawthorne aqui nesse site. No domingo, por exemplo, passaram por lá cerca de 7.485 bicicletas! :)

– Via TreeHugger


Postado em 6 de agosto por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Paraciclo vira banco quando está sem bicicleta

Para aumentar o número de ciclistas, está acontecendo em Porto Rico um concurso entre designers e arquitetos para escolher os modelos dos próximos paraciclos e bicicletários da cidade.

O modelo que mais chamou a nossa atenção é a criação de Ariana Hernández Aixa Solá que serve como paraciclo ou como banco de praça.

A ideia, segundo as designers, é maximizar o uso do espaço urbano. Ou seja, quando não há bicicleta estacionada, o paraciclo serve como um banco na calçada para o uso de qualquer cidadão, ciclista ou não.

A criação de Ariana e Aixa está concorrendo no concurso do site N-Punto. Os três designs mais votados no site serão produzidos e instalados permanentemente em cinco locais de Porto Rico.

Veja todos concorrentes aqui.


Postado em 18 de julho por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Bicicleta de R$ 80 mil é inspirada em Aston Martin

A Aston Martin, conhecida por seus carros de luxo e pelos veículos usados por James Bond, também está no ramo das bicicletas, e lançou recentemente a linda One-77, inspirada no veículo de mesmo nome.

A bicicleta, produzida em parceria com a Factor, é uma edição limitada e existem apenas 77 exemplares disponíveis para a venda. Segundo o site BikeRadar, ela usa como base a tecnologia da Factor001, uma bicicleta de alta performance, com algumas modificações e a customização da marca Aston Martin.

Assim como a Factor001, a One-77 tem um sistema que armazena informações da pedalada e exibe esses dados em uma espécie de computador de bordo acoplado ao guidão.

As bicicletas foram construídas de maneira artesanal na Inglaterra – cada bike equivale a duas semanas de trabalho de 7 funcionários. Sabe quanto custa isso tudou? 25 mil libras, ou quase R$ 80 mil! São apenas 77 unidades fabricadas, e pelo menos cinco já foram vendidas!

Veja abaixo mais detalhes:


Postado em 13 de julho por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Acessório ajuda a levar bicicleta na escada

Você usa a bicicleta como meio de transporte na sua rotina, mas se irrita na hora de carregar a bike escadaria acima? A bicicleta é muito pesada para apoiar no ombro e segurar pelo quadro pode sujar sua mão de graxa? Então se liga na ideia que os designers Geoffrey e Valerie Franklin tiveram: uma alça para o quadro!

O Frame Handle, como foi batizado, foi criado em Portland, nos Estados Unidos, e nada mais é do que uma tira de couro com fivelas nas duas extremidades para servir como uma ‘alça’ no no quadro. Não entendeu? Assista ao vídeo abaixo:

Para fabricar o produto em larga escala, o casal estava captando verba através do site de financiamento compartilhado Kickstarter. Nesta sexta, eles já tinham arrecadado quase US$ 20 mil para colocar o projeto em andamento.

O Frame Handle já está à venda e pode ser comprado no site da Walnut Studiolo por US$ 38 (mais frete). Boa ideia, não?

– Via iBahia


Postado em 10 de julho por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Roda para decoração do quarto

Quem pedala muito acaba tendo que descartar algumas rodas velhas. Você tem um aro antigo em casa e não sabe o que fazer com ele? A fotógrafa Lauren Clark teve uma ótima ideia de decoração para um quarto de criança ou para um abiente mais deconstraído.

Ela pegou uma roda antiga de bicicleta, pendurou alguns aviões de papel feitos com páginas de quadrinhos e voilá! Um móbile super simples, barato e bem bonito.

Lauren explica em seu blog que o custo total da peça de decoração ficou em US$ 30, mas ela pagou US$ 25 numa roda nova. Se você já tem a roda em casa, o custo é praticamente zero! Ótima dica para quem quer um móbile descolado!


Postado em 30 de maio por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Designers criam ‘autorama virtual’ de bicicletas

Um projeto muito interessante envolvendo bicicletas está sendo desenvolvido para ser apresentado no Festival Circo Digital, do Circo Voador, no fim de junho. Batizado de ‘Bicicletorama’, o projeto é um jogo que mistura realidade e tecnologia em uma mecânica parecida com um autorama.

O Bicicletorama é um jogo multiplayer em que uma pista montada e os carrinhos são projetados em imagens no chão. Cada jogador usa uma bicicleta conectada ao jogo, e a velocidade e a direção da bikes projetadas no chão é definida pela velocidade que você pedala e a direção do seu guidão.

Veja no vídeo abaixo como funciona o sistema:

No Bicicletorama, carrinhos de brinquedo forma a pista os obstáculos, e cada jogador deve desviar e pedalar para percorrer todo o traçado mais rapidamente.

Segundo seus criadores, a ideia do Bicicletorama é divertir, mas também criar uma reflexão sobre o uso da bicicleta na cidade diante do desenho urbano que privilegia os carros. E por meio da criação desse espaço coletivo de brincadeira e interação promover a discussão sobre o uso de bicicletas não só para o lazer, mas também como transporte urbano.

Os criadores do projeto realizam agora uma campanha de arrecadação de fundos para comprar o projetor digital e fazer o projeto se tornar realidade. Veja abaixo a explicação no vídeo:

Gostou da ideia? Então saiba mais sobre o projeto e ajude a torná-lo realidade!

Foto no Flickr Paukrus


Postado em 28 de maio por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Empresa inova no design do paraciclo

Para uma cidade ser considerada boa e adaptada aos ciclistas, ela precisa ter boa estrutura para o estacionamento das bicicletas.

Pensando nisso,a empresa britância CycleHoop criou um paraciclo bem simples e fácil de ser instalado em qualquer poste de iluminação, sem a necessidade de grandes obras de infraestrutura para a ampliação das vagas de bicicleta na cidade.

A empresa faz uma série de modelos de paraciclos, desde os mais tradicionais até os paraciclos em formato de carro, que ocupam uma vaga e mostram o espaço que várias bicicletas economizam nas ruas.

Mas o paraciclo mais legal é o que leva o nome da empresa, CycleHoop. A vantagem deste tipo de paraciclo é sua facilidade de instalação, ele pode ser conectado a qualquer poste e comporta duas bicicletas estacionadas sem problemas. Veja nas fotos abaixo:


Postado em 2 de maio por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Bicicleta inspirada no Porsche 911

O designer David Schultz, que atualmente trabalha na Microsoft, iniciou sua carreira na Specialized, uma das principais fabricantes de bicicletas de alta performance, e tem uma paixão enorme pelas bikes.

Recentemente, Schultz projetou o design de uma bicicleta inspirada em no carro clássico Porsche 911, e sua criação foi selecionada como finalista do ‘Next Design Challenge‘ proposto pela Porsche em parceria com a Fast Company.

De acordo com Schultz, a bicicleta urbana foi projetada para ser uma versão sobre duas rodas do Porsche 911: “leve, rápida, simples, durável e duradoura”. “Os detalhes do design do carro estão integrados à bicicleta, o quadro reflete a silhueta do 911, resistente e rígido.

Veja mais fotos do projeto de Schultz

O desenho de Schultz provavelmente não vai sair do papel, mas recentemente a Porsche lançou dois modelos inspirados em seus carros.

De acordo com o site Carro Online, a bicicleta Porsche RS (Racing Sport) foi projetada para alta performance, com aro 29 e apenas 9 quilos, uma vez que as peças são feitas de fibra de carbono. A RS é vendida por cerca de R$ 9 mil.

O outro modelo, a bicicleta Porsche S, tem estrutura de alumínio hidroformado, grafos de fibra de carbono e é pintada no branco clássico do Porsche Carrera. Esse segundo modelo é um pouco mais pesado (10 quilos) e é vendido por cerca de R$ 10 mil!

– Via Bicycle Design


Postado em 27 de abril por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Capacete que ilumina a pedalada

Se você pedala durante a noite, você já sabe que a iluminação na bicicleta é muito importante. E é para deixar seu pedal ainda mais seguro que criaram o capacete Torch, que vem com luzes de LED acopladas na frente e atrás, aumentando bastante a visibilidade do ciclista.

Segundo seus criadores, o capacete Torch foi feito para o ciclista urbano “que não tem medo de se divertir após anoitecer”. O produto tem luzes vermelhas na parte de trás, condizentes com os padrões de segurança, e luzes brancas de LED na frente, que iluminam o caminho de quem pedala.

Veja abaixo como funciona o Torch:

O capacete ainda está em fase de projeto e seus inventores estão levantando fundos coletivamente no site Kickstarter. Se o financiamento for bem sucedido, cada capacete será comercializado por cerca de US$ 100.



Anterior Próxima